06/07/2017 a 15/07/2017

 

Helena Fretta Galeria de Arte recebe parte da mostra fotográfica Bacia dos Bichos, uma exposição composta por 6 imagens realizadas pelos fotógrafos Luiz Gonzaga e Sérgio Vercezi, em uma incursão realizada ao longo do ano de 2015 e 2016 na Bacia do Rio Paraná.

Comprometidos com a fauna e a flora da região, o recorte fotográfico privilegiou imagens da Bacia do Rio Paraná intencionando com isso realizar uma possível documentação fotográfica dos bichos que nela habitam. O projeto foi aprovado pela Lei Rouanet, incentivado pelas empresas Gazin e Ciapetro, ambas do norte do Paraná e tem coordenação da Duo Arte e Produção.

O projeto, de caráter educativo e ambiental, reúne três ações que se entrelaçam através do olhar e do depoimento dos fotógrafos: uma exposição itinerante, dez palestras em escolas públicas e o lançamento de um livro.

O livro Bacia dos Bichos, com distribuição gratuita será lançado em Florianópolis na  exposição, e apresenta de forma poética um lugar cuja exuberância nos aproxima do homem do século XIX, período em que o artista buscava na natureza uma aproximação com o que existia de mais elevado no mundo, em contraposição às fragilidades que assolavam o homem moderno. E hoje, início do século XXI, os autores encontram na fotografia uma forma de buscar a mesma paz almejada naqueles tempos de transformação humana e urbana.

Nas páginas sobrepostas, uma a uma, e na exposição itinerante, veremos através da fotografia que nos apresenta um lugar tão pouco conhecido de nosso país, a necessidade de preservar o meio ambiente.

 

Sobre os fotógrafos:

LUIZ GONZAGA DOS SANTOS FILHO, 57 anos, formado em Direito pela UEM – Maringá, iniciou na fotografia em 1973, e desde então vem acompanhando as transformações tecnológicas

da área. A partir de 2008, junto com Vercezi, passou a fazer incursões fotográficas em rios e matas, onde descobriu sua vocação, a fotografia de natureza. Hoje, com equipamentos sofisticados e investimentos pessoais dedica-se a fotografar a natureza, sonhando em preservar o que vê e documenta para que as futuras gerações possam ao menos ter uma ideia de como era a nossa natureza antes que o “progresso” passasse por aqui. Para ele a Fotografia pode contribuir para preservar o pouco de natureza que nos resta.

SÉRGIO VERCEZI, cresceu com a presença de cinemas da família em duas cidades do interior do Paraná, fizeram desenvolvendo o encantamento pelas imagens. Depois de brincar com fotogramas diapositivos e cartazes impressos dos filmes clássicos dos anos 60 (El Cid, Bem Hur, Os 10 Mandamentos etc.), aproveitou os primeiros “cruzeiros novos” para comprar uma Câmara Kodak

Instamatic e realizar as primeiras fotos e o sonho de possuir seus próprios registros. Desde o final dos anos 60 vem pesquisando a fotografia na prática e na teoria. Com exigência de conhecimentos profissionais, foi obrigado a estudar fotografia e tornou-se autodidata no assunto consumindo praticamente tudo que é publicado no Brasil. A Natureza foi sempre a grande paixão com as primeiras fotos do Pantanal Matogrossense publicadas há quase 30 anos. São milhares de horas dedicadas ao estudo e captura de imagens das mais diversas espécies de flora e fauna, pretendendo contribuir para a preservação.

 

Quando:

Abertura: 06 de julho às 19h

De 06 a 15 de julho, de segunda a sexta, das 9h às 18h30, e aos sábados, das 9h às 13h.

Helena Fretta Galeria de Arte

Rua Presidente Coutinho, 532, Centro, Florianópolis/SC

 

Contato:

Helena Fretta – (48) 3223-0913, [email protected]    www.helenafretta.com.br